top of page

BLOG WIKKI

COMPARTILHANDO CONHECIMENTOS EXCLUSIVOS SOBRE CULTURA E ENGENHARIA

blog-wikki-brasil-o-maior-blog-de-engenh

BLOG WIKKI

COMPARTILHANDO CONHECIMENTOS EXCLUSIVOS SOBRE CULTURA E ENGENHARIA

Cultura DevOps

1. Introdução


DevOps é a combinação das filosofias culturais de Desenvolvimento (Dev) e de Operações (Ops) juntamente com práticas e ferramentas que visam aumentar a velocidade de entrega de aplicativos e serviços. O ganho de agilidade proporcionado pelo DevOps torna as empresas mais competitivas e eficientes quando comparadas aos concorrentes, que apenas utilizam metodologias tradicionais de desenvolvimento.


Para as equipes, o DevOps proporciona a coordenação e colaboração de setores que anteriormente eram isolados, e como resultado geram produtos melhores e mais confiáveis. Ademais, as equipes melhoram suas capacidades de responder às necessidades dos clientes, aumentam a confiança nos aplicativos que constroem e cumprem metas empresariais mais rapidamente.


O DevOps também pode ter a integração dos setores de qualidade e de segurança, com isso, se a segurança é uma prioridade de toda a equipe, a filosofia pode ser denominada como DevSecOps.


Para conseguir os benefícios citados em eficiência e melhoria na qualidade dos aplicativos, as equipes usam práticas para automatizar processos que geralmente são manuais e muitas vezes lentos. São aplicadas tecnologias e ferramentas que ajudam a operar e desenvolver aplicativos de modo rápido e confiável. Essas ferramentas também ajudam engenheiros a cumprir tarefas de forma independente, com isso, um processo de implantação que exigiria participação ativa dos membros da equipe pode ser feito por um indivíduo.



2. Benefícios do DevOps


Velocidade: A ideia é que os os times possam entregar seus serviços cada vez mais rápido para poderem inovar em soluções ao cliente final. No DevOps isso pode ser atingido com práticas como micro serviços e entrega contínua.


Entrega Rápida: Quanto mais rápido um time fizer entregas de seu aplicativo e resolver bugs, mais esse time pode criar vantagens competitivas. As ferramentas do DevOps que mais ajudam nisso são a integração contínua e a entrega contínua.


Confiabilidade: Para entregar de forma rápida e manter uma boa experiência para o usuário final, exige-se a implementação de práticas como integração contínua e entrega contínua para testar a aplicação, bem como as práticas de monitoramento e registro em log.


Escala: Outro grande benefício do DevOps está na possibilidade de escalar o processo de desenvolvimento e gerenciamento da infraestrutura. Para isso utiliza-se a prática de infraestrutura como código.


Colaboração melhorada: Como os times de desenvolvimento e de operações de TI são unificados, os processos passam a ter transparência entre os membros da equipe. Além disso, o trabalho é planejado de forma conjunta para que todo o time tenha dimensão do que está sendo desenvolvido.



3. Ferramentas do DevOps

  • Microsserviços

A arquitetura de microsserviços é uma abordagem de projeto para construir uma aplicação única, por exemplo, um conjunto de pequenos serviços.

Cada um dos serviços tem seu próprio processo que se comunica com outros serviços por meio de uma interface bem definida usando um mecanismo leve baseado em uma API HTTP. Podem ser utilizados diferentes frameworks ou linguagens de programação para escrever os microsserviços. Esses microsserviços podem ser implantados independentemente, como um serviço único ou como um grupo de serviços.


  • Infraestrutura como Código

Infraestrutura como código é uma prática na qual a infraestrutura é providenciada e gerenciada usando código e técnicas de desenvolvimento de software, tais como controle de versão e integração contínua. Como a infraestrutura é definida por código, esta pode ser implantada rapidamente por meio de técnicas padronizadas e atualizada com os últimos patches e versões.


  • Monitoramento e Registro em Logs

No DevOps as empresas monitoram métricas e logs para ver como a aplicação e a infraestrutura impactam a experiência do usuário final.

Através da captura, categorização e análise dos dados gerados pelas aplicações e infraestruturas as empresas podem entender como mudanças ou atualizações impactam os usuários.


  • Comunicação e Colaboração

O aumento da comunicação em uma organização é um dos fatores chave da cultura DevOps. O uso das ferramentas do DevOps e a automação do processo de entrega de software estabelece uma maior integração dos times de desenvolvimentos e operações, pois trás para perto os fluxos de trabalho e responsabilidades das áreas de desenvolvimento e de operações.


  • Integração Contínua

Integração contínua é uma prática no desenvolvimento de software na qual os desenvolvedores integram suas mudanças no código em um repositório central regularmente. Depois dessa integração são feitas compilações e testes.


  • Entrega Contínua

A entrega contínua é uma prática no desenvolvimento de software que automaticamente prepara as mudanças no código para que este seja enviado à etapa de produção. A entrega contínua aumenta o escopo da integração contínua por entregar um ambiente de produção depois do estágio de build testado e validado.


23 visualizações

Comentários


bottom of page